Mercados

Bolsa brasileira avança com recuperação externa e agenda econômica; dólar cai

Por Fast Trade
24 junho 2021 - 13:32 | Atualizado em 24 junho 2021 - 14:47

A Bolsa brasileira faz uma sessão de alta de nesta quinta-feira (24), refletindo o movimento de recuperação externa e a agenda econômica. Nesse sentido, o índice geral ganhava tração em meio à bateria de indicadores nos EUA, que devem mostrar um panorama geral da economia.

De acordo com o Departamento do Comércio, a terceira estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) revelou um crescimento de 6,4% no primeiro trimestre. Este resultado veio em linha com a leitura anterior e as projeções dos analistas.

Ao mesmo tempo, os pedidos de seguro-desemprego totalizaram 411 mil na semana passada, evidenciando um número muito acima das 380 solicitações estimadas pelo mercado.

+ Ebook Cartilha de Dividendos – Baixe agora!

Por aqui, as atenções se concentraram no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), que elevou as previsões para o IPCA, apostando na alta de 5,8% em 2021. Além disso, o documento revisou o PIB deste ano para 4,6%, também considerando um superávit de conta corrente de US$3 bilhões.

A seguir, as movimentações do pregão na B3:

Maiores altas do índice geral: JHSF (JHSF3), Lojas Americanas (LAME4), B2W Digital (BTOW3), Magazine Luiza (MGLU3) e Gerdau (GGBR4).

As maiores quedas do índice geral: Locaweb (LWSA3), Eletrobras (ELET3), Banco Inter (BIDI11), BB Seguridade (BBSE3), Ecorodovias (ECOR3).

Às 13h31 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,63% aos 129.229 pontos, registrando um volume financeiro de R$9,406 bilhões.

Dólar opera em forte queda refletindo o exterior e o RTI

O dólar comercial opera em queda de 0,81% na cotação de R$4,9190 na venda, refletindo o cenário externo favorável e o RTI. Acima de tudo, o documento divulgado pelo BC reforçou a sinalização de que haverá um novo aumento de 0,75% da taxa Selic na próxima reunião.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Ademais, o RTI explicou que o planejamento monetário consiste em normalizar os juros do país ainda em 2021, retirando os estímulos econômicos. Por fim, os contratos de juros futuros acompanhavam a tônica cambial assumindo um viés de baixa ao longo de toda a curva a termo.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsa brasileira avança com recuperação externa e agenda econômica; dólar cai

Leia também:

Relatório Trimestral do BC eleva as projeções para 5,8% em 2021

Índices Mundiais tem novo dia de alta em reação à política monetária do Fed

Campos Neto sugere cautela com criptoativos, mas defende moeda digital


Sobre o autor