Criptomoedas

Bitcoin: com queda do dólar, brasileiros perdem mais na criptomoeda

Por TradersClub
11 fevereiro 2022 - 11:43 | Atualizado em 11 fevereiro 2022 - 15:40
Controladora do Mercado Bitcoin anuncia compra de corretora cripto em Portugal

O Bitcoin desvalorizou cerca de 12,8% em 2022, quando cotado em real. Porém, como a moeda brasileira valorizou frente ao dólar no período, os brasileiros perderam mais do que a média internacional, cuja queda em dólar foi de 5,3%, segundo dados da Binance.

Confira a seguir outros destaques do mercado de criptoativos para esta sexta-feira.

+ Baixe a Carteira Recomendada de Ações de Fevereiro!

Bitcoin

Ativo valia US$43.753 na Binance às 10h30, com queda de 1,43% em 24 horas. Assim, o valor de mercado do Bitcoin recuou para US$828 bilhões, segundo o CoinGecko, o que representa cerca de 40% do valor de mercado dos criptoativos.

Opções

Protocolos de opções construídos na blockchain estão perdendo volume e usuários em 2022, com a queda persistente na cotação dos principais criptoativos, segundo dados da Glassnode. Porém, a expectativa é de melhora nas próximas semanas, segundo Dmitry Mishunin, fundador da auditoria cripto HashEx, afirmou ao portal Coindesk.

OnlyFans

A plataforma conhecida pelo seu conteúdo destinado ao público adulto lançou a verificação de NFTs nas fotos de perfil, segundo a Reuters. “Esse é o primeiro passo explorando o papel que os NFTs terão na plataforma”, segundo a presidente Ami Gan contou à Reuters.

+ Baixe a Carteira Recomendada de  Small Caps de Fevereiro!

Super Bowl

A final da liga de futebol americano, no domingo, terá propagandas de várias empresas da indústria cripto, como as corretoras FTX, Crypto.com e Coinbase. Além disso, ingressos são oferecidos na forma de NFTs, ou tokens não-fungíveis, o que pode atrair atenção para o setor.


Sobre o autor