Mercados

Bitcoin avança aos US$42 mil com alta demanda no mercado de criptomoedas

Por Fast Trade
06 agosto 2021 - 15:05 | Atualizado em 06 agosto 2021 - 16:11
ETF de Bitcoin

O aumento da demanda no mercado de criptomoedas levou o Bitcoin a superar os US$42 mil, ensaiando uma recuperação, após contabilizar meses de queda.

Fazendo uma sessão de intensa volatilidade, o criptoativo ganhou força, fixando suas negociações acima da faixa de US$40 mil, um patamar não visto desde o dia 18 de maio.

Nesse sentido, o movimento de ganhos também é positivo para as demais criptomoedas, com o Ethereum subindo 3% e a Polkadot avançando 6,8%. O noticiário recente se mostrou bastante positivo para estes ativos, que conseguiram driblar as especulações negativas de celebridades ao redor do mundo.

+ Ebook: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Também ganhou destaque o aumento do hash rate (usado para medir a energia computacional usada na mineração de bitcoins), mostrando que os mineradores expulsos da China estão se realocando em outros países.

Desse modo, a procura pelas criptomoedas se acentuou, dando início à uma nova trajetória de valorização deste setor como um todo. Além disso, algumas iniciativas corporativas estão influenciando este movimento, como a recente informação de que a Amazon pode passar a aceitar o Bitcoin como pagamento.

Dados técnicos também ajudam a compreender o otimismo com os criptoativos

De acordo com a especialistas em criptomoedas da Levante Ideias de Investimentos, Fernanda Guardian, o mercado ganhou profundidade a partir do aumento de contratos de derivativos calculados pelo Open Interest Bitcoin Futures.

“Isso revela que o mercado está se reaquecendo e que os volumes de negociação estão aumentando” – destacou a especialista. Ela também disse que este indicador inclui todos os contratos de compra e venda que não foram liquidados, por isso, trata-se de um aquecimento inicial para um movimento de forte alta.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Acima de tudo, Guardian citou que o Number of Active Entities também é outro indicador utilizado para avaliar o setor. Isto porque, se refere ao número de endereços ativos na rede, como remetente ou destinatário, além de incluir apenas transações bem-sucedidas.

“O mercado parece estar se recuperando das quedas e das notícias pessimistas durante os meses de maio e junho” – explicou Guardian.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bitcoin avança aos US$42 mil com alta demanda no mercado de criptomoedas

Leia também:

Bolsa brasileira avança com Payroll e divergências entre os poderes; dólar sobe

JBS adquire a Huon por US$314 milhões e avança no mercado de peixes

Radar do Trader: Payroll nos EUA, juros na Europa e tensões políticas no Brasil


Sobre o autor