Economia

Bens duráveis tem alta de vendas na primeira semana de novembro

Por Fast Trade
22 novembro 2021 - 05:33 | Atualizado em 22 novembro 2021 - 08:20
Ibovespa futuro sobe com varejo

Segundo o Valor e um levantamento feito pela consultoria GfK, as vendas de bens duráveis na primeira semana de novembro avançaram 8,5% na comparação anual. A expansão, portanto, pode ser uma inversão na tendência negativa do indicador nos últimos meses.

Em termos de receita nominal, o crescimento foi de 7,8%. Segundo a matéria, “o preço das mercadorias caiu 0,6% no começo do mês, abaixo do ritmo de reajustes que se viu nos últimos meses.”

+ Estratégias Long & Short: Saiba como operar!

A consultoria GfK consegue obter antecipadamente a informação com base no recebimento prévio de grandes varejistas, clientes da empresa, com análise semanal sobre desempenho de vendas.

Projeção de vendas e Black Friday

 “Até outubro, a receita vendida subia, só que o volume não avançava, então o ganho vinha basicamente do preço maior [de eletrônicos e de tecnologia]”, afirmou Fernando Baialuna, diretor de varejo da GfK. 

“Mas essa melhora em volume é um primeiro dado de novembro, então não dá para falar em tendência clara de alta ainda. Precisamos aguardar o resto do mês ”, completou Baialuna.

Para o mês de novembro como um todo, as projeções de consultores procurados pelo Valor vão de aumento de um dígito até leve queda na comparação anual. “Se a venda não começar a ‘rampar’ na segunda semana de novembro será difícil pegar tração para alcançar um bom ganho real”, disse Roberto Wajnsztok, fundador da consultoria Origin5.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Para Wajnsztok, um aspecto positivo que o mercado pode esperar são as iniciativas de parcelamento mais longas e o dinheiro economizado pelos consumidores para a Black Friday. Segundo avaliações, essa Black Friday deve ser dos produtos “premium”, já que eles são destinados à parcela da população que sofre menos com a crise.

Por fim, é importante ressaltar a pesquisa do Valor sobre os estoques dos varejistas que se encontra em níveis mais altos do que em 2020. Dessa forma, as companhias estão pressionadas para vender mais e com melhores margens.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Bens duráveis tem alta de vendas na primeira semana de novembro

Leia também:

Ibovespa desvia de NY e tem pregão positivo, mas registra queda semanal de 3,1%


Sobre o autor