EmpresasHome

Banco Central liquida extrajudicialmente corretoras J Alves e Albatross por violar regras no câmbio

Por TradersClub
23 outubro 2019 - 10:28 | Atualizado em 04 janeiro 2021 - 18:15
atividade econômica (prévia do PIB); Banco Central
Foto: Arquivo Istoé

O Banco Central decretou, na manhã de hoje, a liquidação extrajudicial das corretoras de câmbio Albatross Corretora de Câmbio e Valores e J. Alves Corretora de Câmbio, citando “graves violações às normas legais e regulamentares que disciplinam” as atividades de ambas instituições.

Em atos assinados pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, e publicados nesta quarta-feira, o BC também decidiu que, em decorrência das decretações de liquidações extrajudiciais, os bens dos controladores e ex-administradores das corretoras vão ficar indisponíveis. As duas de hoje elevam para quatro as liquidações extrajudiciais de corretoras de câmbio no país neste mês somente. Em 10 de outubro, o BC liquidou as corretoras Torre e JN-Maxi.

De acordo com a assessoria de imprensa do BC, as operações da Albatross e da J Alves correspondem a 0,0042% e 0,0010% do movimento do mercado primário de câmbio no Brasil, considerado o período de janeiro a outubro. Nenhuma das duas está ligada a conglomerados bancários e ambas têm baixíssima relevância no Sistema Financeiro Nacional, de acordo com as informações recebidas da assessoria.


Sobre o autor