EmpresasHome

Banco Inter, Bradespar, Vivara, Sanepar, Cielo e JSL vão pagar juros sobre capital próprio

Por Bruna Santos
21 dezembro 2019 - 11:31
juros sobre capital próprio

Banco Inter (BIDI11) vai pagar R$ 12,8 milhões em juros sobre capital próprio, ou, R$ 0,018169620 (bruto) por ação. Se descontado o imposto previsto de 15% sobre a distribuição, o montante líquido de cada ação será de R$ 0,015444177.

Aquele que detiver units receberá R$ 0,054508860 bruto, ou R$ 0,046332531 líquido. O pagamento será realizado em 08/01/2020. As ações entram em “ex” dia 27/12.

No caso da Bradespar (BRAP4), serão pagos R$ 269 milhões em juros sobre capital próprio aos seus acionistas. Esse montante corresponde ao pagamento bruto de R$ 0,726619662 por ação ordinária e R$ 0,799281628 por ação preferencial.

Aos proventos será aplicada a retenção de imposto de renda na fonte, exceto para os acionistas comprovadamente isentos ou imunes. De acordo com a companhia, o pagamento terá como baseada posição acionária do dia 27/12 e as ações passarão a ser negociadas ex-dividendos a partir de 30/12/2019.

Assim também, o conselho de administração da Vivara (VIVA3) aprovou o pagamento de R$ 40 milhões dos proventos. Essa distribuição equivale a R$ 0,1693496 (bruto) por ação, levando em consideração a quantidade de 236 milhões de ações ordinárias.

Assim como na Bradespar, o pagamento dos proventos será realizado com base na posição acionária do dia 27/12 e retenção de 15% em imposto. Ademais, as ações serão negociadas ex-dividendos a partir de 30/12/2019 e o pagamento ocorrerá até 10 dias após a Assembleia Geral Ordinária de 2020.

Os juros sobre capital próprio da Sanepar, Cielo e JSL

Sanepar (SAPR11) vai distribuir R$ 156 milhões em JCP (bruto de R$ 0,290788403537 por ação ordinária, R$ 0,319867243893 por ação preferencial e R$ 1,570257379108 por unit) com base a posição acionária de 30/12/2019; as ações serão negociadas “ex-JSCP” a partir de 02/01/2020.

Cielo (CIEL3) vai pagar aos seus acionistas R$ 57 milhões sobre os proventos referentes ao quarto trimestre. Conforme publicado, o valor bruto por JCP será R$ 0,02104898803, pagos em 13/02/2020, com base na posição acionária de 30/12/2019. As ações passam a ser negociadas “ex-JSCP” a partir de 02/01/2020.

Por fim, JSL (JSLG3) vai pagar R$ 39 milhões em juros sobre o capital próprio que corresponde ao valor bruto de R$ 0,188598162 por JCP. Com retenção de imposto prevista, o pagamento do provento será em 10/02/2020 e as ações passarão a ser negociadas ex-dividendos a partir de 6/01/2020.


Sobre o autor