EmpresasHome

Banco do Brasil (BBAS3) – Distribuição de lucro e juros sobre capital próprio

Por Eduardo Guimarães
25 fevereiro 2019 - 10:29

O Banco do Brasil divulgou que o seu Conselho de Administração aprovou a distribuição de 30 a 40 por cento do lucro líquido a ser distribuído em proventos em 2019.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Na esteira, o Banco do Brasil também aprovou a distribuição de Juros Sobre Capital Próprio, o JCP, de 435 milhões de reais ou 0,156 reais por ação (valor bruto) referente ao primeiro trimestre de 2019, distribuição mínima obrigatória.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

O JCP será pago em 20 de março e as ações serão negociadas “ex-JCP” no dia 12 de março.

E Eu Com Isso?

A notícia é positiva para o Banco do Brasil, no entanto, esperamos impacto neutro no preço das ações (BBAS3) no curto prazo, pois o banco não aumentou a distribuição (payout) e o retorno em dividendos (JCP) do trimestre é baixo.

Baixe o e-book: Guia completo para investimento em renda fixa

No ano de 2018, o pagamento de proventos do BB atingiu 5,2 bilhões em 2018, com distribuição de 40 por cento do lucro do exercício, com isso, o retorno total em proventos foi de 4 por cento em 2018. A distribuição de JCP foi de 3,2 bilhões em 2017, com payout de 30 por cento.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Os principais catalisadores para as ações do Banco do Brasil são: 1) melhoria da percepção de risco do BB (rating) por parte dos investidores e; 2) aumento de rentabilidade (ROE).

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

O Banco do Brasil BB está diminuindo a diferença em termos de ROE para os bancos privados, 16 por cento do Banco do Brasil contra 22 por cento do Itaú, 21 do Santander e 20 do Bradesco.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou


Sobre o autor