EmpresasHome

Balanço corporativo: Cosan vê lucro aumentar 14,5% e mantém previsão para Raízen

Por Pablo Vinicius Souza
14 maio 2019 - 10:04
Cosan (CSAN3)

A empresa de infraestrutura e energia Cosan apresentou alta no lucro líquido, destacado em seu balanço corporativo publicado ontem (13).

De acordo com o documento, o lucro cresceu 14,5% (acréscimo de R$ 395,7 milhões em comparação anual do primeiro trimestre).

O Ebitda, por sua vez, totalizou R$ 1,4 bilhão, revelando um salto de 21,4% no mesmo período.

Além disso, a Cosan manteve a previsão de moagem de sua joint venture com a Shell, Raízen.

Segundo informações prestadas pela empresa de energia, a unidade de produção de açúcar e etanol encerrou em março o biênio 2018/19 com moagem de 59,7 milhões de toneladas de cana.

O montante representa uma queda anual de 2%, além de uma redução de 6% da produtividade do canavial.

Leia mais:

Bolsas Asiáticas: desacerto comercial entre Estados Unidos e China continua impactando índices globais

Saiba quais são os principais compromissos econômicos globais para esta terça-feira

Em delação premiada, dono da Gol cita ‘benefício financeiro’ a Rodrigo Maia

Porta-voz nega que Sergio Moro tenha condicionado entrada no governo à vaga no STF

Decreto de armas: parlamentares ameaçam sustar efeitos e Bolsonaro se abre a adaptações

Petrobras quer vender sua participação total de 93,7% na Breitener Energética

Balanço corporativo: lucro da JBS mais que dobra no 1º tri; peste suína ajuda resultado

Balanço corporativo: Itaúsa vê lucro líquido aumentar 4% no 1º trimestre do ano

Pacote anticrime pode ser aprovado ainda em 2019, acredita o ministro Sergio Moro


Sobre o autor