Economia

Balança Comercial tem superávit de US$10,35 bi em abril, alta de 67,9%

Por Fast Trade
03 maio 2021 - 16:09 | Atualizado em 03 maio 2021 - 17:51
balança comercial brasileira; exportação

No fechamento de abril, a balança comercial brasileira registrou um superávit de US$10,35 bilhões, o que equivale a um crescimento de 67,9% na comparação anual.

De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), os primeiros quatro meses do ano acumularam um saldo positivo de US$18,256 bilhões, em um aumento de 106,4% em relação ao mesmo período de 2020.

Nesse sentido, as exportações totalizaram US$26,480 bilhões, contabilizando um salto de 50,5% sobre o desempenho da média diária. Ao mesmo tempo, as importações alcançaram US$16,131 bilhões em um avanço de 41,1% na mesma base.

De janeiro a abril, as exportações somaram US$82,130 bilhões, enquanto as importações totalizaram US$63,873 bilhões. Utilizando o mesmo vetor de comparação, houve um crescimento nas duas frentes, com as exportações ganhando mais espaço.

Guia Completo de como ter sucesso no Day Trade

Com destaque para o setor agropecuário, cujas exportações subiram 44,37% em relação a abril de 2020, e as importações saltaram 43,9% sob a mesma ótica.

Acima de tudo, as projeções mais recentes da Secex indicam que a balança comercial deve fechar 2021 anotando um superávit de US$89,4 bilhões. Este número seria o resultado do confronto entre US$266,6 bilhões em exportações e US$177,2 bilhões em importações.

Ao longo do mês passado, o Brasil teve como principais clientes de exportação a China, Hong Kong e Macau, o que elevou a participação da Ásia nas receitas.

Outros destaques da agenda indicadores

A indústria brasileira iniciou o segundo trimestre desacelerando o ritmo de recuperação visto nos primeiros meses do ano. Isto porque, o Índice de Gerente de Compras (PMI) do setor industrial caiu de 52,8 pontos em março para 52,3 pontos em abril.

Apesar de ainda estar acima de 50 pontos indicando expansão da atividade, o indicador refletiu os impactos da piora da pandemia. Com o estabelecimento de medidas de restrição e lockdowns em diferentes regiões do país, a produção e o consumo tiveram ligeira contração.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Em contrapartida, o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) sofreu variação de 0,23%, acumulando alta de 6,54% nos últimos dozes meses. Nesta medição, três das oito classes de despesa componentes do índice decresceram as taxas de variação, sendo que a maior contribuição foi do grupo de Transportes.

Conforme os dados da Fundação Getúlio Vargas, o IPC-S de abril mostrou alívio em diferentes setores, cujos preços sofreram ligeira redução.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Balança Comercial tem superávit de US$10,35 bi em abril, alta de 67,9%

Leia também:

Lucro da BB Seguridade (BBSE3) cresce 10% no primeiro trimestre

Importações chinesas de milho devem cair 46% no biênio 2021/22

Preço-alvo do Ibovespa passa 135 mil pontos para 145 mil pontos, diz XP


Sobre o autor