Economia

Balança comercial tem déficit de US$ 0,72 bilhão em fevereiro

Por Fast Trade
17 fevereiro 2021 - 17:00 | Atualizado em 17 fevereiro 2021 - 19:14
balança comercial brasileira

A balança comercial brasileira registrou US$ 7,478 bilhões em corrente de comércio na segunda semana de fevereiro. De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia (Secex/ME), foram exportados US$ 3,946 bilhões no período, enquanto as importações totalizaram US$ 3,532 bilhões.

Assim sendo, a balança comercial do Brasil anotou um superávit de US$ 0,414 bilhão na segunda semana de fevereiro. Como resultado, o País acumula um déficit de US$ 0,72 bilhão em fevereiro.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader: baixe gratuitamente!

Na comparação com fevereiro do ano passado, as exportações recuaram 11,9%, para US$ 7,63 bilhões. Em contrapartida, as importações avançaram 13,4% na mesma base de comparação, para US$ 8,35 bilhões.

Ademais, o resultado parcial do mês mostrou que a corrente de comércio do ano corrente já soma US$ 46,722 bilhões. O Brasil exportou US$ 22,437 bilhões entre janeiro e a segunda semana de fevereiro, ao passo que as importações totalizaram US$ 24,285 bilhões.

Portanto, o saldo da balança comercial nacional está negativo em 2021 (US$ 1,848 bilhão).

Exportações

Houve uma queda de 11,9% na média diária na passagem das duas primeiras semanas de fevereiro de 2020 (US$ 865,69 milhões) para o mesmo período em  2021 (US$ 762,91 milhões).

Segundo o Ministério da Economia, o declínio foi puxado pelo recuo das vendas de produtos agro (-43,4%) e da Indústria de Transformação (-11,7%).

+ Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Na contramão, as vendas da Indústria Extrativista aumentaram 7,3% na mesma base de comparação.A queda das exportações do segmento agropecuário foi puxada, principalmente, pela queda nas vendas de Arroz com casca, paddy ou em bruto (-99,8%). 

Já na Indústria de Transformação, o recuo foi puxado principalmente pelas vendas de Torneiras, válvulas e dispositivos semelhantes para canalizações, caldeiras, reservatórios, cubas e outros recipientes (-74,9%).

Importações

A média diária da primeira metade de fevereiro de 2021 (US$ 835,16 milhões) superou em 13,4% na comparação anual (US$ 736,52 milhões).

Embora as compras da Indústria Extrativista tenham declinado (-12,8%), o Brasil importou mais produtos agro (+6,0%) e da Indústria de Transformação (+15,1%).

Já o avanço das importações da Indústria de Transformação foi impulsionado principalmente pela alta de Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes (+39.950,5%).

No segmento agropecuário, os maiores aumentos de compras do exterior foram de Arroz com casca, paddy ou em bruto (+679,6%).

+ Guia do Investidor Iniciante: acesse o material gratuito.

Antes de mais nada, leia destaques não relacionados com a balança comercial:

Ibovespa deve repercutir noticiário corporativo e auxílio emergencial

B3: grandes bancos registram a 1ª queda no lucro desde 2016

CSAN3: lucro da Cosan despencou 65% em 2020

Mercado de ações à vista: volume financeiro médio dispara 57,6% em janeiro

CCPR3: Cyrela Commercial Properties lucrou R$ 128 mi em 2020, alta de 32,3% A/A

Atividade econômica subiu 0,64% em dezembro, mas recuou 4,05% em 2020

ALPA4: Alpargatas reporta receita líquida recorde de R$ 1,1 bilhão no quarto trimestre

Mercado de capitais: ofertas de ações somam R$ 5,8 bi em janeiro

Lucro ajustado do Banco do Brasil (BBAS3) sobe 6,1% no 4T20

NEOE3: lucro atribuído aos controladores da Neoenergia foi de R$ 996 mi no 4T20

TOTS3: Totvs registra lucro líquido de R$ 294,9 milhões em 2020 (+40% A/A)

B3: investidores repercutem resultados de BTG Pactual (BPAC11) e BR Properties (BRPR3)

Ações da Biosev (BSEV3) já subiram mais de 6% após anúncio de compra pela Raízen

BB Seguridade (BBSE3) reporta lucro de R$ 916,61 milhões no 4T20

Recompra de ações da Cosan (CSAN3) e Natura (NATU3)

ITUB4: Itaú Unibanco reporta lucro de R$ 18,9 bilhões em 2020, recuo de 28,9%


Sobre o autor