Economia

Balança comercial registra déficit de US$ 1,152 bi e corrente de comércio de US$ 8,487 bi

Por Fast Trade
09 fevereiro 2021 - 08:00 | Atualizado em 09 fevereiro 2021 - 08:30
superávit da balança comercial

De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia (Secex/ME), a balança comercial inaugurou em fevereiro com déficit de US$ 1,152 bilhão.

Antes de mais nada, é importante saber que o déficit é registrado quando as importações superam as exportações. Em contrapartida, quando as exportações superam as importações, o resultado é considerado superávit comercial.

O resultado segue o déficit apurado pela balança comercial em janeiro, de US$ 1,125 bilhão. Conforme apresentou o Ministério da Economia, o saldo da primeira semana de fevereiro é resultado de US$ 3,667 bilhões exportados e US$ 4,819 bilhões importados.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader: baixe gratuitamente!

Além disso, quando comparado o valor médio por dia útil entre a primeira semana de fevereiro de 2021 e 2020, destaca-se que:

Em primeiro lugar, as exportações apresentaram um decréscimo de 15,3%, ao passo que as importações aumentaram 30,9%.

A Pasta econômica do governo também pontuou o aumento de 5,9% na corrente de comércio da balança comercial. Desse modo, o saldo chegou a US$ 8,487 bilhões nos primeiros cinco dias úteis de fevereiro.

Como resultado, a corrente de comércio é de US$ 39,228 bilhões no acumulado de janeiro até a primeira semana de fevereiro. Isso representa uma alta de 5,5% pela média diária, dividido em US$ 18,475 bilhões exportados e US$ 20,753 bilhões importados.

Assim sendo, a balança comercial do Brasil acumula um saldo negativo de US$ 2,278 bilhões. 

Confira os principais resultados da balança comercial, de acordo com o Ministério da Economia.

+ Derivativos – O guia definitivo para começar a investir: confira!

Importações

Conforme vimos acima, o déficit acontece quando as importações superam as exportações.

Segundo a publicação da Secex, a média diária das importações até a primeira semana de fevereiro do ano corrente (US$ 963,93 milhões) superou em 30,9% a média de fevereiro de 2020, quando a balança comercial do Brasil acumulou US$ 736,52 milhões.

+ Guia do Investidor Iniciante: acesse o material gratuito.

Entre os destaques, atenção para as compras de produtos da Indústria de Transformação que dispararam +34,9% na base de comparação.

Nesse sentido, o resultado foi impulsionado principalmente pela entrada de plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes (+79.847,7%).

Por outro lado, as compras de produtos da Indústria Extrativista declinaram -17,6%, seguidos dos produtos agro (-1,9%).

Dentre os destaques da Indústria Extrativa, atenção para as importações de pedra, areia e cascalho (+34,3%).

Já na Agropecuária, os maiores aumentos de compras do exterior foram de cacau em bruto ou torrado (+183,7%).

Exportações da balança comercial

Por fim, o Brasil exportou, em média diária, 15,3% a menos até a primeira semana de fevereiro de 2021 (US$ 733,47 milhões) frente ao mesmo período de 2020 (US$ 865,69 milhões).

O resultado foi impactado principalmente pela diminuição nas vendas dos produtos agropecuários (-59,7%) e da Indústria de Transformação (-11,9%).

Em primeiro lugar, o decréscimo das exportações na Agropecuária foi puxado, sobretudo, pelo recuo nas vendas de soja (-100%).

Por outro lado, as vendas de trigo e centeio, não moídos dispararam +338,3%. Já o milho não moído, exceto milho doce aumentou +217%.

+ Derivativos – O guia definitivo para começar a investir: confira!

Já na Indústria de Transformação, as principais reduções ocorreram nas vendas de óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos, exceto óleos brutos (-54,2%).

Na contramão, o segmento reportou alta principalmente nas vendas de aeronaves e outros equipamentos, incluindo suas partes (+125,9%), entre outros.

Em contrapartida, as vendas na Indústria Extrativista aumentaram 5,2% A/A, puxado principalmente pelas vendas de minérios de cobre e seus concentrados (+141,5%).

Mesmo assim, o segmento também reportou reduções na base de comparação anual, com destaque para pedra, areia e cascalho (-83,6%).

Acesse a íntegra da nota divulgada pelo Ministério da Economia sobre a balança comercial do Brasil na primeira semana de fevereiro.

Por fim, leia também:

Ações da Biosev (BSEV3) já subiram mais de 6% após anúncio de compra pela Raízen

BB Seguridade (BBSE3) reporta lucro de R$ 916,61 milhões no 4T20

Recompra de ações da Cosan (CSAN3) e Natura (NATU3)

ITUB4: Itaú Unibanco reporta lucro de R$ 18,9 bilhões em 2020, recuo de 28,9%

Bradesco (BBDC3; BBDC4) surpreende com lucro de R$ 6,8 bi no quarto trimestre

B3: JCP da Localiza (RENT3) e aumento de capital social da Eneva (ENEV3) e Rumo (RAIL3)

Santander (SANB3; SANB4; SANB11) divulga resultados do 4T20 e mais


Sobre o autor