Economia

Balança comercial brasileira tem superávit de US$ 1,715 bilhão na 2ª semana de abril

Por Bruna Santos
14 abril 2020 - 07:47 | Atualizado em 14 abril 2020 - 11:32
Log-In Logística

A balança comercial brasileira voltou a registrar um considerável superávit em meio aos avanços da pandemia do coronavírus.

Na segunda semana do mês de março, o superávit foi de R$ 329 milhões; no mesmo período de abril, a balança comercial contabilizou um superávit comercial de US$ 1,715 bilhão.

De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia (ME), o montante recém registrado corresponde a:

  • US$ 3,829 bilhões exportados e US$ 2,115 bilhões de importações entre os dias 06 a 12 de abril.

Embora o saldo de abril seja positivo até o dia 12 (US$ 2,510 bilhões), o valor é 55,6% mais enxuto do que todo o valor contabilizado no acumulado do mês de abril de 2019.

Em contrapartida, houve ainda um salto de 2% na média diária das exportações conforme a mesma comparação anual. Do mesmo modo, as vendas de produtos agropecuários subiram no período (+71,1%).

Por outro lado, as vendas em produtos da indústria de transformação contraíram -17,2% no período, seguidos da indústria extrativa (-12,5%).

Segundo a publicação do Ministério da Economia, as importações foram responsáveis por um recuo de 11% na comparação.

Primeiramente, a agropecuária contraiu -23,0%, seguida da queda de 11,9% em produtos da indústria de transformação. A indústria extrativa, contudo, cresceu 12,3% no âmbito da importação e impactou de forma positiva a balança comercial brasileira.


Sobre o autor