Economia

Balança comercial anota superávit de US$ 50,9 bilhões em 2020

Por Fast Trade
04 janeiro 2021 - 17:00 | Atualizado em 04 janeiro 2021 - 18:30
balança comercial brasileira

De acordo com o Ministério da Economia, a balança comercial brasileira anotou superávit de U$ 50,995 bilhões em 2020.

A Pasta informou que o montante supera o saldo registrado em 2019, quando a balança comercial ficou positiva em US$ 48,036 bilhões.

O superávit, ou resultado positivo, acontece quando as exportações superam as importações. Por outro lado, quando o Brasil importa mais que exporta, o resultado é negativo e denominado “déficit comercial”.

Conforme os números apresentados pela equipe econômica, o Brasil exportou US$ 209,921 bilhões em 2020. Em contrapartida, o país importou US$ 158,926 bilhões no acumulado do ano que foi marcado pela pandemia de covid-19.

Houve, no entanto, um declínio de 6,1% da exportação de 2020 na comparação com 2019, ao passo que as importações recuaram 9,7%.

Apenas em dezembro, a balança comercial brasileira anotou déficit de US$ 42 milhões, saldo que impactou negativamente o resultado final.

Nesse sentido, as importações totalizaram US$ 18,407 bilhões e superaram as exportações (US$ 18,365 bilhões), resultando em déficit.

Além disso, o Ministério da Economia revelou que as exportações de dezembro contraíram 5,3% em relação à dezembro de 2019.

Em compensação, as importações dispararam 39,9%, ambos analisados conforme a média por dia útil.

Detalhes de 2020

Entre os destaques, as vendas de produtos agropecuários cresceram 6% no ano e apoiou os bons números da balança comercial.

Sob o mesmo ponto de vista, os embarques da indústria extrativa recuaram 11,3%, seguido das exportações de produtos da indústria de transformação (-2,7%).

Já os destaques das importações foram todos negativos, uma vez que todos os setores declinaram em 2021.

Em primeiro lugar, as compras da indústria extrativa declinaram 41,2%; em segundo lugar, as importações de produtos da indústria de transformação diminuíra 7,7%.

Por fim, as importações agropecuárias também contraíram entre janeiro e dezembro de 2020 (-3,9%).

Balança comercial em 2021

Passado o ano marcado pela pandemia de covid-19, as perspectivas para a balança comercial brasileira em 2021 são otimistas.

De acordo com a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), as exportações brasileiras deverão atingir US$ 237,334 bilhões neste ano.

Do mesmo modo, as importações devem totalizar US$ 168,316 bilhões, ao passo que o superávit para 2021 está estimado em US$ 69,018 bilhões.

Se confirmado, o resultado será considerado um recorde histórico. A princípio, o maior superávit segue sendo o de 2017, quando a balança comercial registrou US$ 67 bilhões.

Leia também:


Sobre o autor