Mercados

B3: volume financeiro movimentado no mercado à vista cresce 71% em 2020

Por Fast Trade
12 janeiro 2021 - 08:30 | Atualizado em 12 janeiro 2021 - 11:00
Bolsa de Valores B3

O volume financeiro movimentado pela B3 (B3SA3) no mercado à vista disparou 71% no ano passado e totalizou R$ 6,45 trilhões. De acordo com o cálculo realizado por Einar Rivero, da Economática, 2020 entrará para a história da Bolsa de Valores.

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

Impulsionado pela grande volatilidade dos papéis listados na B3, esse é o primeiro resultado cujo total negociado se aproximou do PIB do Brasil (em valores).

Conforme as projeções da consultoria, que se baseou nos dados apontados pelo Banco Central, a expectativa é de queda de 4,4% do PIB em 2020.

Assim sendo, a expectativa é que o Produto Interno Bruto do ano passado somará R$ 6,93 trilhões. Nesse caso, as compras e vendas no mercado à vista da B3 em 2020 corresponderiam a 93,1% do PIB. Desse modo, um novo recorde seria estabelecido.

Surpreendentemente, isso significaria um desempenho acima de um dos melhores anos da Bolsa de Valores brasileira, 2019. No período, o Ibovespa cresceu 31,5%, ao passo que o total movimentado no pregão à vista alcançou R$ 3,77 bilhões (52% daquele PIB).

No entanto, a consultoria de informações acredita que o mercado brasileiro de ações pode crescer ainda mais. Isso fica ainda mais evidente quando a B3 é comparada com a Bolsa de países desenvolvidos.

Nesse sentido, a Economática lembrou que em 2019, por exemplo, os índices dos EUA movimentaram o equivalente a 2,66 vezes o PIB local. Já no ano passado, o volume de negociações cresceu 50,78%, para US$ 85,6 trilhões.

Por outro lado, a previsão de contração em 2,4% para a economia norte-americana no ano passado transformaria o total movimentado no cenário local em 4,11 vezes o seu PIB.

Antes de mais nada, veja outros destaques relacionados com a B3:


Sobre o autor