Empresas

B3 voltará a fechar às 17h e mais destaques

Por Fast Trade
08 março 2021 - 10:00 | Atualizado em 08 março 2021 - 09:53
Bolsa de Valores B3

A B3 (B3SA3) vai voltar a operar em seu horário normal, ou seja, encerrando o pregão regular às 17h (horário de Brasília). O novo horário passará a valer a partir da próxima segunda-feira (15 de março) e afetará o horário da negociação do Ibovespa.

+ Guia completo de como ter sucesso nas operações de Day Trade

Desse modo, o mais importante indicador do desempenho médio das cotações das ações negociadas na B3 abre às 10h, mas fechará  às 17h. Como resultado, o novo horário traz de volta as negociações do after market entre 17h30 e 18h.

Embora o Brasil não adote mais o horário de verão (a prática de adiantar os relógios uma hora durante os meses da primavera e do verão), a Bolsa de Valores brasileira opera no atual horário estendido desde 3 de novembro do ano passado em razão do diferencial frente à bolsa de Nova York.

Dessa vez, a alteração acontecerá porque os Estados Unidos irão entrar no horário de verão no próximo domingo (14 de março). Assim sendo, a diferença entre Brasil e Nova York cairá das atuais duas horas para apenas uma hora.

Com isso, as Bolsas dos EUA passam, a partir de segunda-feira, a abrir às 10h30 e fechar às 17h em relação ao horário de Brasília.

Uma vez que grande parte do volume negociado na B3 é de investidores estrangeiros, essa alteração – que acontece todos os anos – visa seguir o horário de funcionamento do mercado dos Estados Unidos.

Acesse o ofício circular da B3 e veja a nova grade de horários. Antes, confira os principais destaques corporativos que vão repercutir na manhã desta segunda-feira (8).

Petrobras (PETR3; PETR4) continuará repercutindo na B3

Em primeiro lugar, a Petrobras informou ter recebido uma indicação de seis nomes para o conselho de administração.

O ofício encaminhado pelo Ministério de Minas e Energia e Ministério da Economia contém os seguintes nomes:

Joaquim Silva e Luna foi indicado à presidência da Companhia, mas também consta na lista e divide o espaço com Eduardo Leal Ferreira — atual presidente do conselho — Ruy Flaks Schneider, Márcio Andrade Weber, Murilo Marroquim de Souza e Sonia Sulzbeck Villalobos.

Leia sobre os indicados. De acordo com a estatal, a União ainda pode realizar mais duas indicações de membros ao Conselho de Administração da companhia.

+ Derivativos: o guia definitivo para começar a investir

Oi (OIBR3; OIBR4)

Em segundo lugar, a Oi, que está em recuperação judicial, prorrogou por mais 30 dias o acordo de exclusividade para a venda da InfraCo.

Esse acordo foi assinado junto à Globenet Cabos Submarinos S.A., BTG Pactual Economia Real Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia e outros fundos de investimento geridos ou controlados por sociedades integrantes do Grupo BTG.

Assim, o limite da vigência para a negociação do controle da unidade de fibra óptica da Oi passou de 06 de março de 2021 para 05 de abril do mesmo ano.

“O acordo visa garantir segurança e celeridade às tratativas em curso entre as partes”, declarou a Oi. Acesse o comunicado ao mercado.

+ Descubra o seu perfil de investidor para melhor investir seu patrimônio

Balanço da Tupy (TUPY3)

Por fim, a Tupy, multinacional brasileira do ramo da metalurgia, reverteu lucro de 2019 e amargou um prejuízo de R$ 76,21 milhões em 2020.

Acima de tudo, a queda foi atribuída pela empresa ao declínio da demanda entre abril e maio do ano passado, períodos fortemente impactados pela pandemia.

Do mesmo modo, o faturamento da empresa que fabrica cabeçotes e blocos de motores caiu na comparação anual (17,5%), para R$ 4,25 bilhões.

Além disso, o Ebitda consolidado da Tupy ficou em R$ 566,95 milhões (-16,9% vs 2019). Clique aqui para baixar o Earnings Release da Tupy (TUPY3).

+ [Infográfico] 3 metodologias para Trading que vão tornar suas estratégias infalíveis


Sobre o autor