Empresas

B3: JCP da Localiza (RENT3) e aumento de capital social da Eneva (ENEV3) e Rumo (RAIL3)

Por Fast Trade
04 fevereiro 2021 - 08:30 | Atualizado em 04 fevereiro 2021 - 11:00
Localiza (RENT3); dividendos

Os balanços corporativos do 4T20 vão repercutir na B3, mas há também outros destaques como da Localiza (RENT3), Eneva (ENEV3) e Rumo (RAIL3).

Em primeiro lugar, a Localiza, que divulgará seus resultados trimestrais e consolidado de 2020 em 25 de fevereiro, anunciou o pagamento de JCPs.

De acordo com a empresa, serão distribuídos um total de R$63,8 milhões que corresponde a R$ 0,084906178 por ação.

Receberão os proventos os acionistas que estavam posicionados em 15 de dezembro de 2020, conforme previsto em comunicado.

Assim sendo, as posições a partir de 16 de dezembro de 2020 não serão contempladas pela distribuição dos juros sobre capital próprio.

O pagamento está previsto para amanhã (5), segundo o aviso assinado pelo Diretor de Finanças e de Relações com Investidores, Rodrigo Tavares Gonçalves de Sousa.

Por fim, acesse a íntegra do comunicado da Localiza.

+ Derivativos – O guia definitivo para começar a investir: confira!

Aumento de capital na B3

Também vai repercutir na B3 o aumento de capital da Rumo (RAIL3) e da Eneva (ENEV3).

Pertencente ao Grupo Cosan, a Rumo, uma companhia ferroviária e de logística brasileira, aprovou o aumento de capital em R$ 1,2 bilhão.

De acordo com a Companhia, essa operação acontecerá mediante a emissão de 1.311.004.382.429 de novas ações.

Do total, 460.143.732.372 papéis emitidos serão de ações ordinárias, ao passo que as demais 850.860.650.057 serão ações preferenciais.

Nesse sentido, as ações serão precificadas a R$ 0,00091532875, conforme previsto pela Rumo.

Como resultado, o capital social da empresa passará para R$ 6.643.594.524,33, dividido em 5.032.794.458.529 ações.

Por sua vez, a Eneva, empresa brasileira integrada de energia que atua nos setores de geração, exploração e produção de petróleo e gás natural e comercialização de energia elétrica, aprovou o aumento do capital social em R$ 25.071.402,46.

Assim como o caso da Rumo, o aumento se dará mediante a emissão de novas ações ordinárias (437.544 no total).

Já o preço de emissão foi fixado em R$ 57,30 por ação.

Desse modo, o capital social da Eneva totalizou R$ 8.914.267.017,93, dividido em 316.273.504 ações ordinárias nominativas, sem valor nominal.

Por fim, acompanhe o portal Fast Trade para mais destaques da B3, sobretudo em relação aos resultados trimestrais.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader: baixe gratuitamente!

Antes de mais nada, leia também:


Sobre o autor