Empresas

B3: Direcional (DIRR3), Smiles (SMLS3) e Carrefour

Por Fast Trade
13 janeiro 2021 - 12:00 | Atualizado em 13 janeiro 2021 - 13:36

A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, registrou o melhor trimestre de lançamentos da história. Veja mais destaques da B3.

Carrefour Brasil (CRFB3)

A controladora francesa do Carrefour Brasil (CRFB3) está avaliando uma proposta de incorporação apresentada pelo grupo canadense Alimentation Couche-Tard. De acordo com o press release datado de 13/01/2021, o Carrefour França declarou que as negociações possuem caráter “amigável”.

Embora ainda esteja em fase preliminar, as ações do Carrefour disparavam 14% na Bolsa de Paris. No Brasil, os papéis da companhia fecharam entre as maiores altas da véspera (12) na B3 (+6,05%, a R$ 20,15), impulsionados pela notícia.

A união englobaria um dos principais varejistas de alimentos do mundo, o Carrefour, ao passo que a Couche-Tarde figura como líder na indústria canadense de lojas de conveniência e, nos Estados Unidos, sendo a maior operadora independente de lojas no setor.

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

Direcional (DIRR3)

A construtora e incorporadora Direcional (DIRR3) registrou recorde de vendas líquidas no quarto trimestre de 2020. Além disso, a Companhia renovou recorde em relação ao volume de lançamentos, marcando um forte desempenho operacional.

Entre outubro, novembro e dezembro, a empresa lançou dez novos empreendimentos, totalizando um valor geral de venda (VGV) de R$ 697 milhões. Isso representa uma valorização de 21% frente ao quarto trimestre do ano imediatamente anterior.

Por outro lado, quando desconsiderado as porcentagens de seus parceiros, o montante foi de R$ 650 milhões.

Em contrapartida, esse mesmo indicador contraiu 9% no acumulado de 2020, ano marcado pela pandemia, somando R$ 1,8 bilhão.

De acordo com a Direcional, os primeiros seis meses foram os mais afetados pela crise que reduziu a velocidade de aprovações de licenças e alvarás.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

“Ainda assim, enxergamos, ao longo dos meses que se sucederam, uma evolução gradual e contínua no ritmo dessas aprovações, culminando no melhor trimestre de lançamentos da Direcional”, disse a Companhia.

Conforme relatado pela construtora, as vendas líquidas totalizaram R$ 523 milhões, recorde e alta de 41% na comparação anual com 2019.

Ao mesmo tempo, as vendas entre janeiro e dezembro do ano passado aumentaram 27%, para R$ 1,7 bilhão. Além disso, a Companhia efetuou o pagamento de R$ 120 milhões em dividendos, a R$ 0,81 por ação.

Outro destaque foi o programa de recompra de ações, que atingiu volume executado de R$ 35 milhões até a data atual.

Confira a íntegra da prévia operacional do quarto trimestre de 2020 da Direcional.

Prévia da Smiles (SMLS3) também repercutirá na B3

Assim como a Direcional, a Smiles Fidelidade (SMLS3) divulgou alguns dados gerenciais e ainda não auditados de seu desempenho operacional referente ao 4T20.

A princípio, a informação é que o faturamento total chegou a 84% do total apurado no mesmo período do ano imediatamente anterior.

O resultado, que compreende os dados de outubro, novembro e dezembro, reforça os efeitos da pandemia de covid-19 no setor aéreo.

Nesse sentido, destaca-se que o melhor mês da Smiles no último trimestre de 2020 foi novembro, quando o faturamento atingiu 92%. Por fim, a divulgação dos resultados oficiais do quarto trimestre – e 2020- está prevista para o dia 23 de fevereiro.

Fique ligado no portal Fast Trade para conferir os principais resultados corporativos da B3.

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Leia também:


Sobre o autor