EmpresasHome

Azul assina acordo para a aquisição de ativos e aviões da Avianca de US$105 milhões

Por Eloiza Amaral
11 março 2019 - 10:47
Azul (AZUL4)

Nesta segunda feira (11), a Azul informou, através de fato relevante, que assinou um acordo não vinculante de US$105 milhões com a Avianca afim de adquirir alguns ativos da empresa e também aeronaves.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Esta aquisição será feita por meio de uma Unidade Produtiva Isolada (UPI), prevista pela lei de recuperação judicial, e a expectativa é de que dure até 3 meses. Segundo o documento serão inclusos ativos selecionados pela Azul como o certificado de operador aéreo da Avianca Brasil, 70 pares de slots (direito de pouso e decolagem em alguns aeroportos) e aproximadamente 30 aeronaves Airbus A320.

“Destacamos que o acordo é não vinculante e que o processo de aquisição da UPI está sujeito à uma série de condições como a conclusão de um processo de diligência, a aprovação de órgãos reguladores e credores, assim como a conclusão do processo de Recuperação Judicial. A expectativa é que esse processo dure até três meses”, afirmou a Azul.

Reforma da Previdência: O Futuro Dos Investimentos No Congresso Nacional

Vale ressaltar, que a Avianca está num processo de recuperação judicial desde dezembro, no entanto as empresas não informaram se este acordo inclui a transferência das dívidas da Avianca para a Azul.

Os prejuízos, que ao todo chegam a cerca de R$500 milhões, vieram em decorrência, principalmente, do acúmulo de atrasos em pagamentos de arrendamentos de aeronaves. Em comunicado, a Avianca disse que a prioridade das negociações é fazer com que passageiros e funcionários tenham seus direitos garantidos e que as operações não sofram alterações.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Sobre os funcionários, desde janeiro a Avianca está atrasando salários de pilotos e comissários. Com isso, na semana passada, trabalhadores ligados ao Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) se reuniram e deram o prazo de quarta-feira (13), para que a companhia se posicione antes que seja feito um novo encontro para discutir uma possível paralisação.

Por volta das 10h45 (horário de Brasília), os ativos da Azul (AZUL4) estavam sendo negociados no Ibovespa com alta de 7,15% com valor de compra para cada ação de R$39,71.

E-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!  


Sobre o autor