Economia

Atividade industrial em julho se aproximou do período pré-coronavírus

Por Fast Trade
20 agosto 2020 - 16:00 | Atualizado em 21 agosto 2020 - 16:01
confiança da indústria; faturamento da indústria

A Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostrou que cresceu o otimismo da atividade industrial, mas também a sua intenção de investir.

Leia também: Confiança do comércio tem alta recorde de 11,5% em agosto

Divulgada nesta quinta-feira (20), a sondagem de julho revelou que a atividade da indústria chegou próximo dos indicadores registrados antes da pandemia do novo coronavírus.

Baixe gratuitamente: Guia do investidor iniciante

Na avaliação da CNI, esse salto sustentado pelos índices de capacidade instalada e produção retrata a retomada do setor e apoia a recuperação econômica.

Conforme o levantamento realizado junto a 1.890 empresas de pequeno, médio e grande porte entre os dias 3 e 13 de agosto, julho foi o primeiro mês que a atividade industrial apurou uma alta no número de empregados.

Após quatro baixas, o índice de evolução do número de empregados atingiu 50,9 pontos no período, superando o patamar dos 50 pontos.

Baixa gratuitamente o relatório especial sobre os Fundos Imobiliários

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a pandemia fez o número de desempregados aumentar em 20,9% entre maio e julho.

Por outro lado, a sondagem da indústria mostra crescimento do emprego no setor após abril, quando o índice atingiu sua mínima do ano, 38,2 pontos.

Por sua vez, o indicador da Utilização da Capacidade Instalada (UCI) chegou em julho a 67%, após três meses consecutivos de alta. Isso significa que o índice está a apenas 1 ponto percentual abaixo de fevereiro, antes da crise, mesmo após atingir o menor patamar em abril.

Baixa gratuitamente o relatório especial sobre os Fundos Imobiliários

Expectativas da indústria

O estudo da CNI mostra que o empresário da indústria encara o horizonte como algo promissor. Nesse contexto, todos os índices de expectativa, que já estavam acima da linha de 50 pontos em julho, continuaram trajetória ascendente em agosto.

A expectativa para demanda foi o indicador que mais cresceu (+4,8 pontos percentuais na passagem de julho para agosto) e somou 61,4 pontos.

Já o índice de expectativa de exportação cresceu 1,3 ponto e contabilizou 52,4 pontos. Também em agosto, a intenção de investir avançou 4,3 pontos percentuais na ante julho e chegou a 51 pontos.

Leia também: ICEI® ÍNDICE DE CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO INDUSTRIAL – RESULTADOS SETORIAIS

Confiança cresce 8,4 pontos na prévia de agosto na esteira da atividade industrial

Por fim, a Fundação Gentulio Vargas (FGV) mostrou também nesta quinta-feira que o Índice de Confiança da Indústria cresceu 8,4 pontos na prévia de agosto.

O resultado levou a confiança a 98,2 pontos, em uma escala de zero a 200, enquanto a confiança dos empresários somou 97,2 pontos (+8,1 pontos).

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Quer ficar informado de tudo o que acontece no mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor