Dólar e índice

Às espera de Copom, juros caem com aposta de Selic fraca, exterior favorável

Por TradersClub
31 julho 2020 - 10:19 | Atualizado em 31 julho 2020 - 11:57

Os juros futuros iniciaram em queda, em linha com o comportamento da véspera com a derrubada dos rendimentos de títulos públicos mundo afora e aposta de Selic fraca.

Nesse sentido, os dados econômicos desanimadores e a percepção de alta da Covid-19 também influenciavam no achatamento da curva a termo.

Baixe agora: Estratégia Long e Short – Saiba como operar

A visão de que a taxa básica de juros vai cair a 2,00% ao ano na próxima quarta-feira, quando termina a reunião de dois dias do Comitê de Política Monetária, e terá corte mais à frente ganha mais corpo, apesar de sinais de inflação mais forte, como o IGP-M de julho, divulgado ontem.

Aumenta a tese de que o Copom vai demorar para elevar a taxa.

Ontem o Capital Economics disse que só vê uma alta de juros depois de 2021.

“A fraca pressão nos preços deve permitir que o Banco Central mantenha a taxa na mínima histórica por mais tempo do que a maioria parece pensar”, explica William Jackson em relatório.

Baixe gratuitamente: Guia de A a Z de como se tornar um trader

No último dia do mês, o mercado estará atento à retomada da Reforma Tributária e dados fiscais de junho.

Perto das 09h30, os DIs cediam em toda a curva, com a taxa para janeiro de 2021 recuando a 1,905%.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader

Nos trechos mais longos, como vencimentos em janeiro de 2025 e 2029, as perdas eram de 4 e 5 pontos-base, respectivamente, para 5,16% e 6,60%.

Quer ficar informado de tudo o que acontece no mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Às espera de Copom, juros caem com aposta de Selic fraca, exterior favorável

Leia também:

DOLFUT: Em dia de formação de Ptax, dólar sobe com moedas emergentes negativas

Reforma tributária: substituto do PIS/Cofins pode elevar renda per capita em até R$ 345

Petrobras (PETR3/PETR4) tem prejuízo no segundo trimestre; veja mais


Sobre o autor