HomePolítica

Articulação ativa de Maia para a Previdência visa a acalmar mercado, mas pode acarretar diluição

Por TradersClub
17 abril 2019 - 10:24

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, teve de assumir pessoalmente as negociações em torno da reforma da Previdência e é cada vez mais provável que ele oriente seus aliados a proporem mudanças no texto, em uma tentativa de mostrar aos investidores que apoia a medida, porém não sem custos associados ao desgaste na popularidade do Congresso.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Maia deve dirigir parlamentares do chamado Centrão e da oposição a propor mudanças em pontos que fariam o texto da reforma naufragar na comissão especial da Câmara, passo seguinte à apreciação do projeto na Comissão de Constituição e Justiça. Eles seria, especificamente, a desconstitucionalização das regras da Previdência, o abono e a aposentadoria rural, disseram analistas à TC News.

A intervenção de Maia na articulação da reforma, coisa que ele se recusou fazer desde a eclosão de uma disputa com o presidente Jair Bolsonaro em meados de março, permitiu que, após mais de 13 horas de reunião, a CCJ concluísse a discussão sobre a admissibilidade da reforma; a comissão se reúne hoje às 10h00 para votar o parecer do deputado Marcelo Freitas sobre a constitucionalidade da pauta.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Deputados da oposição devem obstruir a reunião e, assim, adiar a análise para semana que vem. Caso haja votação e seja aprovada, a proposta segue para análise da comissão especial. A conturbada reunião de ontem, que teve bate boca e reclamações por parte do presidente da comissão, deputado Felipe Francischini, quanto à atuação omissa da base do governo com o projeto, sugere que as dificuldades de articulação política não melhoraram, apesar das reuniões de Bolsonaro com partidos políticos nas últimas semanas.

Em reunião com as lideranças dos partidos PP, PRB, DEM, PR, Solidariedade, PSDB, MDB e PSD, Maia considerou que seria uma sinalização muito ruim ao país e aos investidores deixar a votação da PEC somente para depois do feriado da Páscoa, disse o jornal O Globo. Para nosso analista político e contribuidor TC, Leopoldo Vieira, da IdealPolitik, a entrada de Maia no jogo foi para mostrar ao mercado que “apesar do governo, a reforma está avançando”.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade


Sobre o autor