EconomiaHome

Arrecadação de impostos cresce 5,67% em agosto e registra melhor resultado em cinco anos

Por Eloiza Amaral
24 setembro 2019 - 14:34
Monitor do PIB recua 0,4% em fevereiro, diz FGV

A Receita Federal informou nesta terça feira (24), que a arrecadação de impostos, contribuições e demais receitas federais cresceu 5,67% em agosto na comparação anual.

Segundo a Receita, o total arrecadado ficou em R$ 119,951 bilhões, contra R$ 113,514 bilhões em agosto de 2018. Este é o melhor resultado para meses de agosto desde 2014, quando o valor contabilizado foi de R$ 124,372 bilhões.

A alta de agosto também foi a maior deste ano. Além disso, este é o quinto mês consecutivo com crescimento dos valores arrecadados acima da inflação.

Foi registrado em agosto crescimento real (acima da inflação) de 35,26% na arrecadação do Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), para R$ 20,48 bilhões O fisco afirmou houve no mês pagamentos atípicos” de R$ 5,2 bilhões nesses tributos.

Na parcial do ano a arrecadação acumula R$ 1,015 trilhão, com aumento real de 2,39%. O melhor resultado para os oito primeiros meses desde 2014. Esta também é a primeira vez que a arrecadação ultrapassa R$ 1 trilhão até agosto.

Segundo a Receita Federal, parte do crescimento da arrecadação no acumulado deste ano está relacionada com o resultado ainda de 2018, pois as empresas recolheram esses valores no primeiro trimestre de 2019.

A meta fiscal estipulada para este ano é de um déficit de até R$ 139 bilhões.

No ano passado o rombo somou R$ 120 bilhões. As contas públicas vêm apresentado déficit há cinco anos consecutivos.


Sobre o autor