Ações

Após dia de recuperação, Ibovespa ganha força e encerra fevereiro com alta de 0,88%

Por Fast Trade
25 fevereiro 2022 - 19:34 | Atualizado em 28 fevereiro 2022 - 11:29
Créditos: shutterstock.com

O Ibovespa fechou em alta nesta sexta-feira (25), último pregão do mês de fevereiro, ganhando força com a volta do fluxo de recursos para o mercado local. Com isso, o índice geral conseguiu encerrar o mês contabilizando uma valorização de 0,88%.

Este resultado representa uma vitória considerando o atual contexto geopolítico e de forte tensão provocada pela guerra entre a Rússia e a Ucrânia. Isto porque, os EUA e a União Europeia, até o momento, se limitaram a impor sanções econômicas a Moscou, o que foi visto como pouco relevante.

Contudo, o clima ainda é de cautela, pois, as tropas russas continuam avançando até a capital Kiev, com o objetivo de tomar o centro de comando ucraniano. A Casa Branca informou que proceder à retirada da Rússia do sistema ocidental de pagamentos continua sendo uma opção.

O Ministério de Defesa da Ucrânia informou que os militares russos estão posicionados a 9 km do Parlamento do país. Apesar de Moscou fazer um discurso pacificador, explosões e bombardeios estão ocorrendo desde a madrugada de hoje e disparos estão sendo relatados em diversas cidades.

+ Guia completo sobre investimentos em fundos multimercados

Nesse sentido, os investidores estão temerosos quanto à abrangência deste conflito, caso ele alcance proporções que ultrapassem as fronteiras da Ucrânia. Mesmo assim, a postura de Washington de manter o diálogo e não intervir militarmente impulsionou a recuperação dos mercados hoje.

Em Wall Street, o Dow Jones subiu 2,51%, o S&P 500 avançou 2,24% e o Nasdaq Composto disparou 1,64%.

Contexto Brasileiro

Enquanto isso, aqui no Brasil, os investidores repercutiram o avanço de 1,83% no Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), que superou as estimativas dos especialistas. Este dado veio em linha com os últimos indicadores, evidenciando que a pressão de alta nos preços continua predominante, de um modo geral.

Ao mesmo tempo, o setor público consolidado brasileiro registrou um superávit primário de R$ 101,8 bilhões em janeiro, o que representa o desenvolvimento da arrecadação. Outro fator de peso neste pregão foram os resultados corporativos das blue chips Vale, IRB Brasil, CCR, Americanas e Hypera.

Destaques Corporativos

Na B3, as ações da Americanas (AMER3) conseguiram fechar em alta, depois de oscilar em queda durante quase todo o pregão. Ficou em destaque o crescimento de 20,5% lucro líquido do quarto trimestre de 2021 e as projeções de expansão nos próximos meses.

No entanto, as ações do setor de varejo, sobretudo, Magazine Luiza (MGLU3), Via (VIIA3) e BR Malls (BRML3), registraram forte queda, em meio às preocupações com a economia local.

Top 5 máximas do índice: CSN (CSNA3), 3R Petroleum (RRRP3), Vale (VALE3), Gerdau (GGBR4) e Carrefour (CRFB3).

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Top 5 mínimas do índice: Qualicorp (QUAL3), Locaweb (LWSA3), CCR (CCRO3), Cogna (COGN3) e Ultrapar (UGPA3).

Como resultado, o Ibovespa avançou 1,39% aos 113.141 pontos, registrando um volume financeiro de R$ 33,305 bilhões.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Após dia de recuperação, Ibovespa ganha força e encerra fevereiro com alta de 0,88%

Leia também:

Dólar avança 1,25% e fecha a R$ 5,15 com tensão externa e feriado no radar

Americanas tem crescimento de 20,5% nos lucros do 4T21; analistas avaliam a ação

CCR divulga resultados do 4° trimestre de 2021 e reporta prejuízo de R$ 133,2 milhões


Sobre o autor