Empresas

Americanas tem crescimento de 20,5% nos lucros do 4T21; analistas avaliam a ação

Por Fast Trade
25 fevereiro 2022 - 17:02 | Atualizado em 25 fevereiro 2022 - 19:02

A Americanas reportou um lucro líquido de R$ 490 milhões no quarto trimestre de 2021, mostrando um crescimento de 20,5% na comparação anual. A receita líquida também cresceu, somando R$ 9,09 bilhões no período, enquanto o volume de vendas (GMV) alcançou o montante de R$ 18,1 bilhões.

O lucro bruto totalizou R$ 2,703 bilhões, o que representa um salto de 8,9% na base anual, contudo, a margem bruta caiu para 29,7%.

+ Guia completo sobre investimentos em fundos multimercados

Da mesma forma, as despesas operacionais cresceram 23%, somando R$ 2,111 bilhões de outubro a dezembro e o resultado financeiro líquido ficou negativo em R$ 290,7 milhões. Segundo a varejista, este número foi influenciado pelo aumento da taxa básica de juros e pelos custos referentes ao pagamento antecipado de dívidas.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado caiu 10,8%, em relação ao mesmo período de 2020, para R$ 1,072 bilhão. Por sua vez, a margem Ebitda caiu 4,3 pontos percentuais, para 11,8% na mesma base de comparação.

No final de 2021, a Americanas registrava uma sólida posição de caixa líquido, totalizando R$ 1,8 bilhão. Ademais, a dívida bruta foi reduzida em R$ 6,7 bilhões, concretizando parte do plano de otimização da estrutura de capital da empresa.

Avaliações e Recomendações dos analistas para a Americanas

Segundo a XP, o principal fator de destaque foi o crescimento da receita da Americanas, mostrando a forte resiliência das lojas físicas, além da expansão dos canais on-line. Ao mesmo tempo, a corretora considera que as projeções da varejista indicaram que o primeiro trimestre de 2022 pode ser ainda mais forte, tendo em vista a combinação das operações físicas e digitais.

Apesar disso, a XP manteve a recomendação “neutra” para as ações AMER3, com preço-alvo de R$ 40, prevendo que o cenário doméstico será ainda mais desafiador.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Para o Credit Suisse, a empresa manteve uma jornada consistente de ganhos de participação de mercado, embora o momento seja mais difícil. Desse modo, o sólido desempenho no varejo impulsionou os resultados, fortalecendo seus ganhos, no sentido contrário aos seus concorrentes.

Acreditando que o longo prazo será decisivo e que a Americanas continua um nome forte e que se destaca na multidão, o Credit continua com a recomendação “outperform” para as ações, com preço-alvo de R$ 41,77.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

 

Leia também:

CCR divulga resultados do 4° trimestre de 2021 e reporta prejuízo de R$ 133,2 milhões

Bolsa e dólar ganham força após aceno da Rússia ao diálogo com a Ucrânia


Sobre o autor