Agronegócio

Agronegócio brasileiro movimenta US$ 6,47 bilhões com exportações de fevereiro

Por Fast Trade
11 março 2021 - 07:00 | Atualizado em 11 março 2021 - 07:29
PIB do agronegócio

O agronegócio do Brasil exportou US$ 6,47 bilhões em fevereiro deste ano, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Esse resultado, conforme o levantamento do Mapa, responde por uma alta de 2,8% frente ao mesmo período de 2020 (US$ 6,29 bilhões).

+ [Infográfico] 3 metodologias para Trading que vão tornar suas estratégias infalíveis

Vale lembrar que os embarques do agronegócio brasileiro ainda não haviam sido impactados pela pandemia em fevereiro do ano passado.

De volta ao resultado atual, os embarques de produtos do agronegócio somaram US$ 1,22 bilhão (+14,9%). Como resultado, o saldo da balança comercial brasileira totalizou US$ 5,22 bilhões.

Ao mesmo tempo, as vendas externas dos demais produtos que o Brasil exporta avançaram 4,5% no segundo mês do ano. Desse modo, a participação do agronegócio brasileiro nas exportações totais caiu de 40,3% (fevereiro/2020) para 39,9%.

Protagonistas das exportações do agronegócio em fevereiro

Conforme a análise da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) do Mapa, as vendas dos produtos agro foram pressionadas, acima de tudo, pela queda das exportações da soja em grãos (-US$ 560,64 milhões em valores absolutos).

+ E-book: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

O Mapa explicou que esse recuo dos embarques da soja foi puxado, sobretudo, pelo clima seco no início do período de plantio (entre outubro e dezembro de 2020), mas também pelo excesso de chuvas que atrasou o processo de colheita da oleaginosa nos meses subsequentes, entre janeiro e meados de abril na maioria dos estados produtores.

Em contrapartida, a queda das vendas externas desse insumo foi compensada pelo incremento de quatro produtos.

Primeiramente, destaca-se o farelo de soja (+ US$ 211,62 milhões em valores absolutos), seguido do açúcar de cana em bruto (+US$ 158,56 milhões).

Em terceiro lugar, o algodão não cardado nem penteado (+US$ 109,68 milhões em valores absolutos). Por fim, o milho (+US$ 105,39 milhões em valores absolutos). Juntos, esses produtos somaram US$ 585,26 milhões em valores absolutos.

Continue acompanhando o portal Fast Trade para mais destaques do agronegócio.

+ Descubra o seu perfil de investidor para melhor investir seu patrimônio

Antes de mais nada, leia também:

Petróleo avança refletindo o embate entre recuperação e aumento dos estoques

Ibovespa fecha em alta com estímulos nos EUA e votação da PEC na Câmara

Dólar cai a R$5,65 reagindo à atuação do Banco Central e ao cenário político

Raia Drogasil lucra R$198,5 mi no 4T20 e acelera estratégia de crescimento

Volume de serviços cresce 0,6% na série com ajuste sazonal de janeiro

Marfrig lucra R$3,3 bilhões em 2020 e antecipa distribuição de dividendos

Tráfego da Azul (AZUL4) e taxa de ocupação da GOL (GOLL4) em fevereiro

E-commerce do Magazine Luiza (MGLU3) eleva sua participação de mercado

B3 voltará a fechar às 17h e mais destaques

Senado aprova em 2º turno a PEC Emergencial e mantém gatilhos fiscais

Milho: Brasil exporta 34,8 milhões de t do cereal na safra 2019/20

MRV (MRVE3) lucra R$ 196 milhões no 4T20 e R$ 550 milhões em 2020

Grupo Natura lucra R$175,7 mi no 4T20 e mostra resiliência frente à pandemia

AZUL4: Azul registrou em 2020 o maior prejuízo da história

Lucro da Taesa (TAEE11) disparou 194,7% no 4T20; empresa vai pagar dividendos

Via Varejo (VVAR3) reporta lucro líquido de R$ 1 bi e sólida posição de caixa em 2020

Criação de fundos de investimentos para agroindústria vai à sanção presidencial

Aumento do capital social das Lojas Americanas (LAME4), Cosan (CSAN3) e mais

Assaí (ASAI3) estreia na B3 com um avanço superior a 300%


Sobre o autor