Mercados

Agenda econômica local e global, política e mais destaques da semana

Por Fast Trade
24 agosto 2020 - 07:00 | Atualizado em 24 agosto 2020 - 07:30
Nossa agenda local de indicadores econômicos tem como destaque a divulgação da Pesquisa Mensal do Comércio de setembro do IBGE.

Deixando a semana anterior para trás, marcada principalmente por causa dos focos políticos, os próximos dias dividem as atenções com a agenda econômica global.

Leia também: Pró-Brasil: governo lançará plano de ação para emprego e renda na próxima semana

Novo Caged reforça acerto das medidas econômicas adotadas, diz Guedes

Agenda econômica doméstica

Primeiramente, o investidor vai conhecer nesta segunda-feira (24) as novas projeções do mercado financeiro para a economia brasileira com o boletim Focus, do Banco Central.

Já amanhã (25) o destaque é o Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial do Brasil.

Na sequência da agenda econômica local, atenção para o IGP-M fechado do mês (28), para a taxa nacional de desemprego, os números das contas externas, resultado do governo central e dados de crédito.

Baixa gratuitamente o relatório especial sobre os Fundos Imobiliários

Política

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a prorogação, por mais dois meses, do programa que permite suspender contratos ou reduzir a jornada de trabalho.

Do mesmo modo, o salário de funcionários podem ser reduzidos proporcionalmente conforme as mudanças impostas aos contratos, por causa da pandemia do coronavírus.

De acordo com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, essa nova prorrogação não exigirá acréscimos no orçamento original.

Além disso, os próximos dias mostrarão como anda o clima entre o governo e o Congresso Nacional, sobretudo após o clima pesapr na última semana.

Na ocasião, o Senado Federal chegou a derrubar o veto presidencal de Jair Bolsonaro sobre o reajuste a servidores, mas foi revertido na Câmara.

Expectativa é pelo atual cenário entre as duas frentes, o que pode refletir em um ambiente mais favorável ou não para a pauta das reformas.

Na sequência da pauta política, o Senado deve se reunir amanhã via videoconferência para votar a PEC do Fundeb permanente, após adiar na semana passada.

Você acompanha esses e outros destaques da política aqui no portal Fast Trade.

Baixe gratuitamente: Guia do investidor iniciante

Empresas

Na mira de estudos para a privatização, o Correios vive um cenário dramático, após seus funcionários de todo o país aprovando a continuidade da greve.

Conforme noticiou o Valor Econômico, os trabalhadores decidiram manter a paralisação para pressionar pela manutenção de cláusulas de acordo coletivo da categoria.

Vale destacar que decisão refletiu o posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que definiu pela manutenção da suspensão do acordo coletivo dos trabalhadores dos Correios.

Também vai ficar no radar dos investidores a temporada de resultados corporativos referente ao segundo trimestre que entra em sua reta final.

Atenção nos próximos dias para os números que serão divulgados, dentre eles os do: Ser Educacional, Qualicorp, Yduqs, EDP Energias do Brasil e IRB Brasil. Acompanhe.

Baixe gratuitamente: Guia de A a Z de como se tornar um trader

Agenda econômica global

Nós já falamos da agenda econômica doméstica, mas também há indicadores importantes que serão monitorados no mundo à fora.

Dentre os destaques dos próximos dias,a tenção para a revisão do Produto Interno Bruto (PIB) relacionado ao segundo trimestre de 2020 nos Estados Unidos.

Além disso, o mercado norte-americano vai monitorar os dados de rendas pessoais, PCE e encomendas de bens duráveis, números que podem mostrar o ritmo da recuperação econômica na região.

Assim também, o simpósio de Jackson Hole, que contará com discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, na quinta-feira (27), chama a atenção.

O pronunciamento de Powell é um dos eventos mais aguardados desta semana, principalmente após o tom de cautela na ata da última reunião do Fomc.

Por fim, a semana marcará a Convenção Nacional Republicana, evento que confirmará a candidatura de Donald Trump à reeleição presidencial no país.

Nesse contexto, o cientista político brasileiro Carlo Barbieri, avaliou ao Valor Econômico que as medidas que estão sendo implementadas por Trump na área econômica poderão favorecê-lo nas eleições que irão ocorrer em novembro.

Baixe gratuitamente: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Para saber tudo o que acontece no mercado financeiro, participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor