Empresas

Agenda de proventos da Itaúsa (ITSA3; ITSA4) e da Grendene (GRND3)

Por Fast Trade
05 março 2021 - 07:30 | Atualizado em 05 março 2021 - 10:18
ITSA4-proventos-dividendos-jcp

Saiba quando você, investidor da Itaúsa (ITSA3; ITSA4) e Grendene (GRND3) vão receber os proventos anunciados pelas Companhias.

Em primeiro lugar, o Conselho de Administração da Itaúsa declarou antecipadamente, por conta do dividendo obrigatório do exercício de 2021, a remuneração aos seus acionistas sob forma de juros sobre o capital próprio.

De acordo com o fato relevante emitido ao mercado, a holding de investimentos vai distribuir R$ 0,015456 por ação.

Além disso, os proventos estão previstos para serem pagos até 30 de setembro do ano corrente.

Para ter direito aos juros sobre capital próprio, o acionista deve estar posicionado ao final do dia 09 de março de 2021.

Ainda de acordo com o comunicado da Itaúsa, está previsto para esses proventos uma retenção de 15% de imposto de renda na fonte. Assim sendo, o valor pago por ação será de R$ 0,0131376 por ação.

Anteriormente, em 22 de fevereiro de 2021, a Itaúsa já havia anunciado o pagamento de R$ 0,10165 por ação (líquido de R$ 0,0864025 por ação), aos investidores que estavam posicionados no dia 10 de dezembro do ano passado e R$ 0,0208 por ação (líquido de R$ 0,01768 por ação), aos investidores posicionados em 22 de janeiro de 2021.

Declarados em reuniões do Conselho de 07/12/2020 e 18/01/2021, esses proventos serão pagos em 12 de março. 

Proventos da Grendene

Do mesmo modo, a Grendene (GRND3) anunciou ao mercado a distribuição de proventos sob forma de dividendos e juros sobre o capital próprio.

Dona de grandes marcas como Melissa, Ipanema, entre outras, a Companhia vai pagar R$ 458,787 mi (valor bruto) em dividendos do exercício de 2020.

Assim sendo, a empresa vai pagar R$ 0,508914175 (bruto) por ação (excluídas as ações em tesouraria) a partir de 12/05/2021.

A distribuição desses proventos se dará na forma de JCP (R$ 110 milhões, ou R$ 0,122018518 por ação), mas também como dividendo complementar (R$ 348,787 milhões, R$ 0,386895657 por ação).

Conforme o comunicado da empresa, farão jus ao recebimento dos proventos os acionistas titulares de ações ordinárias (GRND3) inscritos nos registros da Companhia em 22/04/2021 (data do corte).

Posteriormente, os papéis serão negociados ex-dividendo e ex-JCP a partir de 23/04/2021, na Bolsa de Valores. Por fim, confira mais detalhes.

Antes de mais nada, leia também:

Senado aprova em 2º turno a PEC Emergencial e mantém gatilhos fiscais


Sobre o autor