Empresas

Ações da JSL e notícias de Taesa (TAEE11), Minerva (BEEF3) e Rumo (RAIL3)

Por Fast Trade
15 setembro 2020 - 16:00 | Atualizado em 15 setembro 2020 - 17:21

Haverá uma mudança no ticker de negociação das ações da JSL. Outro destaque é o pagamento de R$ 304 milhões a debenturistas da Taesa. Confira esses e outros destaques.

Baixe gratuitamente: Guia do investidor iniciante

JSL (JSLG3 – SIMH3)

As ações da JSL, um grupo brasileiro de empresas relacionadas aos transportes e logística, deixarão de ser negociadas na B3 (B3SA3) sob o ticker JSLG3.

Portanto, os titulares de ações “JSLG3” receberão, em substituição a cada ação detida, uma ação do novo código, “SIMH3”, que será negociado em 18/09/2020.

O comunicado é da própria JSL e da Simpar, em conclusão à operação de Reorganização Societária do Grupo aprovada em 05 de agosto de 2020.

Conforme o fato relevante, a medida atende o deferimento dos pedidos de listagem e de admissão à negociação de ações da Simpar no Novo Mercado.

Em contrapartida, as ações da Oferta Pública de Ações precificada em 08/09/2020 continuarão sendo negociadas sob o ticker atual, o “JSLG11”. Qualquer alteração será comunicada.

Baixe gratuitamente: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Taesa (TAEE11)

Na sequência dos destaques corporativos, a Taesa (TAEE11), uma das maiores empresas brasileiras de transmissão de energia elétrica, pagará hoje R$ 304 milhões aos detentores de debêntures da 1ª e 2ª série da 4ª emissão da companhia, conforme a nota emitida ao mercado.

Emitidas em 17/09/2017, todas as debêntures são nominativas, escriturais, simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, segundo a Taesa.

Leia também: Odontoprev (ODPV3) distribuirá R$ 13,3 milhões em juros sobre capital próprio

Rumo Logística (RAIL3)

Já a Rumo Logística (RAIL3), maior operadora de ferrovias do Brasil, usará o dinheiro captado no processo de aumento de capital há menos de um mês, mediante a emissão de novas ações que lhe rendeu R$ 6,4 bilhões.

De acordo com o fato relevante da companhia que oferece serviços logísticos de transporte ferroviário, elevação portuária e armazenagem, o pagamento de R$ 5,1 bilhões em outorgas que venceriam até 2038 serão antecipados. Confira na íntegra.

Leia também: Vale (VALE3) distribuirá proventos e a Petrobras recomprará títulos globais

Ações da Minerva (BEEF3)

A Minerva (BEEF3), líder em exportação de carne bovina na América do Sul, comunicou a assinatura de uma carta de intenções não vinculativa para vender fatia da subsidiária Athena Foods para uma sociedade de propósito específico listada na NASDAQ, por US$ 200 milhões.

O anúncio contribuiu para a valorização das ações da Minerva, que integrava o top 5 máximas do Ibovespa. Os papéis chegaram a subir 11%. Os ganhos já eram mais modestos às 15h44 (+4,37%), mas ainda há um bom desempenho.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Quer ficar por dentro do mercado de ações? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor