EmpresasHome

Ações da CCR despencam após anúncio de envolvimento em esquema de superfaturamento

Por Eloiza Amaral
13 fevereiro 2019 - 14:53

Na manhã desta quarta-feira (13), o jornal Valor Econômico apurou que a CCR (Companhia de Concessões Rodoviárias) se envolveu num esquema de superfaturamento com construtoras em 2012 para financiar caixa dois. Com o anúncio, as ações da empresa despencaram.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Às 14h56 (horário de Brasília), os títulos da corporação estavam sendo negociados com queda de 1,83% a R$13,93 Num dado momento do dia, a comercialização das ações da CCR (CCRO3) até chegaram a ser suspensas, devido furor causado quando o acontecimento veio a público.

Com correção de valores atuais, os papéis do esquema chegaram a ser negociados a aproximadamente R$13 milhões. A situação é muito semelhante a outro esquema que a CCR se envolveu entre 2009 e 2012 com o doleiro Adir Assad, que desviava dinheiro de contratos de publicidade e destinava a políticos.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Em novembro, a CCR havia se comprometido a um Termo de Autocomposição após o Ministério Público de São Paulo começar a investigar as movimentações com os doleiros e as empreiteiras, e ficou acordado o pagamento de uma multa de R$81,5 milhões.

Na época de assinatura do acordo, o MP-SP disse não ter sido comprovado se o repasse de dinheiro a políticos resultou em benefício ao Grupo CCR. Caso sejam descobertas novas irregularidades, o acordo de autocomposição é rompido e novas investigações serão abertas.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Em fato relevante publicado hoje, a CCR afirmou que apresentará os resultados da investigação às autoridades públicas competentes e ressaltou que não há pessoas da empresa envolvidas nas ilicitudes apuradas.

A corporação também garantiu que continuará contribuindo com as demais autoridades públicas e manterá os seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados a respeito de eventuais desdobramentos relacionados ao tema.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou


Sobre o autor