Ações

Ações brasileiras: ‘não há bolha, mas Bolsa tende a ser mais racional após crise’

Por Fast Trade
05 agosto 2020 - 07:30 | Atualizado em 05 agosto 2020 - 10:40
Opep+

Em entrevista online feita pela Febraban, entidade que representa os grandes bancos, o presidente-executivo da B3, Gilson Finkelsztain, falou da alta das ações brasileiras nos últimos meses, mesmo com a crise provocada pela pandemia do coronavírus, assim como a expectativa por uma forte recessão.

Baixe gratuitamente: Descubra o seu perfil de investidor e aprenda a investir o seu patrimônio

“Não vejo os preços de ativos no Brasil refletindo uma irracionalidade”, respondeu o executivo quando perguntado se Bolsa vive uma bolha.

Considerando que há ações com níveis superiores aos de antes da pandemia, Finkelsztain esclareceu que são de setores que se beneficiaram do atual cenário.

O comércio eletrônico, por exemplo, vem se fortalecendo desde que as medidas de isolamento social foram implementadas no Brasil. Apenas em junho, o setor mais que dobrou (+110,52%) frente a junho de 2019, conforme o índice MCC-ENET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) em parceria com o Movimento Compre & Confie.

Baixe agora: Guia completo para obter sucesso nos investimentos na Bolsa

Ibovespa

O mais importante indicador do desempenho médio das cotações das ações negociadas na B3, o Ibovespa, recuou cerca de 45% em meados de março. Depois, o Ibovespa subiu por quatro meses seguidos, amparado pelas ações brasileiras, reduzindo a queda no acumulado em 2020 para pouco mais de 10%.

Baixe gratuitamente: Guia de A a Z de como se tornar um trader

Na avaliação do presidente-executivo da B3, a queda do juro básico para mínimas históricas no país tem levado muitos investidores nacionais a buscar mais rentabilidade.

Assim sendo, os ativos de maior risco acabam sendo mais demandados, sobretudo diante das perspectivas de continuidade de corte para a Selic.

A forte procura pela renda variável motivou até mesmo o retorno de muitas empresas que haviam suspendido o processo de estreia no mercado de capitais.

Leia também: Ofertas de ações podem bater recorde em 2020

“Praticamente todas retomaram seus processos de listagem”, afirmou ele. “E o mercado tem absorvido bastante bem.”

De acordo com a Reuters, o executivo está incerto quanto a continuidade desse ritmo de recuperação sentido pela Bolsa de Valores com o surgimento de uma vacina para o coronavírus.

“Quando a vacina sair, as coisas vão voltar a uma certa normalidade”, estimou. “Alguns setores vão se destacar, como aqueles ligados a tecnologia.”

Baixe agora: Tudo o que você precisa saber sobre análise técnica de ações e futuros

Bank of America recomenda investimento em ações brasileiras

Embora o investidor estrangeiro tenha sacado em julho um montante recorde, conforme publicado pela B3 até o dia 31, há bancos estrangeiros de olho nas oportunidades encontradas em algumas ações brasileiras, como o Bank of America (BofA).

Baixa gratuitamente o relatório especial sobre os Fundos Imobiliários

Segundo a B3, o estrangeiro sacou R$ 8,408 bilhões no mês passado, saldo de R$ 288,66 bilhões em compras e R$ 297,07 bilhões em vendas. No ano, a saída do estrangeiro totaliza R$ 84,91 bilhões. Ao considerar o mercado primário (IPOs e follow-ons), o total é de R$ 72,76 bilhões.

Mesmo assim, a temporada de balanços corporativos do segundo trimestre mostra que o impacto da pandemia do coronavírus não foi tão intenso quanto se pensava.

Em relatório enviado aos clientes, o BofA sugeriu que é um bom momento para investir em ações brasileiras, a uma exposição mediana (marketweight).

Na esteira de uma taxa de juros em seu piso histórico, conforme mencionado pelo presidente-executivo da B3, Gilson Finkelsztain, a instituição monetária acredita que quem comprar as ações brasileiras serão beneficiados pela migração da renda fixa para a renda variável.

Hoje, inclusive, o Comitê de Política Monetária (Copom) deve cortar a Selic para 2% ao ano. A atenção dos mercados, no entanto, se volta para o comunicado que será feito após a decisão, pois indicará se o ciclo de cortes continuará.

Quer saber o desfecho da Selic? Acompanhe o portal Fast Trade.

Baixe gratuitamente o guia completo sobre investimentos em fundos multimercados

Quer ficar informado de tudo o que acontece no mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor