HomePolítica

Acabou a periodicidade definida para reajuste nos preços da Petrobras; litro do diesel cai 4,6%

Por Pablo Vinicius Souza
13 junho 2019 - 10:59
Programa social

Em comunicado, a Petrobras informou que os reajustes de preço do diesel e gasolina serão agora realizados sem periodicidade definida.

De acordo com a estatal brasileira, o parâmetro será as condições de mercado, bem como da análise do ambiente externo.

Assim sendo, permitirá “à companhia competir de maneira mais eficiente e flexível”, escreveu.

A aprovação da revisão no preço das matérias comercializadas em suas refinarias veio por intermédio de sua diretoria executiva.

Ademais, será possível à Petrobras reduzir os preços do diesel, “acompanhando as variações dos preços internacionais observadas nos últimos dias”.

Posteriormente, a companhia comunicou corte médio de R$ 10 no litro do diesel nas refinarias, com vigência a partir de hoje, quinta-feira (13).

Dessa forma, o preço médio do diesel recuou 4,616%, passando de R$ 2,166 por litro para R$ 2,066.

“Ficam mantidos os princípios que balizam a prática de preços competitivos, como preço de paridade internacional (PPI), margens para remuneração dos riscos inerentes à operação, nível de participação no mercado e mecanismos de proteção via derivativos”, afirma o comunicado.

Leia mais:

Indicadores globais: volume de serviços, preços de produtos importados/exportados e mais

Governo perde na Câmara, no Senado e no STF

Parecer da reforma será apresentado hoje; capitalização, Estados e municípios ficam de fora

Tramitação de MPs vai mudar; saiba como

STJ destrava distribuição de dividendos da Braskem; movimento renderá R$ 1 bi à Odebrecht


Sobre o autor