EmpresasHome

54% das empresas lucrarão acima da inflação, aponta Santander; saiba quais são elas

Por Bruna Santos
31 janeiro 2020 - 10:46

O Santander (SANB11) revela otimismo sobre a rodada de balanços corporativos que começam a ser divulgados, referentes ao quarto trimestre.

De acordo com a instituição monetária, 54% das companhias devem apresentar um crescimento acima da inflação acumulada em 12 meses.

Além de projetar a alta no lucro líquido, o Santander acrescentou em um breve comentário enviado aos clientes e assinado pelo analista Daniel Gewehr que 67% das empresas deverão reportar um salto na geração de caixa, medida pelo Ebitda, na comparação anual.

Esse desempenho positivo será sustentado pelas “empresas defensivas e cíclicas domésticas”, conforme justificou o banco aos seus clientes.

Nesse contexto, as companhias “defensivas” devem reportar um salto de 23% nos seus respectivos Ebitda. Para as cíclicas, de 20%.

O cálculo do Santander aponta um avanço de 9% da receita líquida e 15% para o lucro líquido, excluindo-se empresas que dependem de ciclos econômicos globais. Esse otimismo se estende para os resultados de 2020.

“Após dois meses de revisões positivas, vemos o consenso de 26% de crescimento dos lucros para 2020 como alcançável”.

Por fim, o Santander acredita que as seguintes empresas apresentarão os melhores resultados no quarto trimestre: BR Properties (BRPR3), BTG Pactual (BPAC11), IRB Brasil (IRBR3), Marfrig (MRFG3) e Movida (MOVI3).

Em contrapartida, as companhias que divulgarão os piores resultados, conforme estimativas do banco, serão o Braskem (BRKM3/BRKM5/BRKM6) Burger King (BKBR3), Cogna (COGN3), CVC Brasil (CVCB3) e Hypera (HYPER3).


Sobre o autor