Blog

Trader

Mid cap 2020: como escolher as melhores para investir?

Por Bruna Santos
16 setembro 2020 - 18:53

O mercado de ações aglomera small, large e mid caps, que são formas de classificar as empresas de acordo com seu porte. Investir em uma mid cap pode ser uma grande oportunidade para aumentar seus lucros em 2020 e até mesmo nos próximos anos.

Entenda melhor sobre o assunto com a leitura deste post. Nos tópicos seguintes explicamos o conceito de mid cap, a diferença para small e large cap, se vale a pena investir nesse tipo de ação em 2020, como fazer as melhores escolhas e mais!

O que é uma mid cap?

Essas são empresas que têm um valor de mercado intermediário em relação a outras listadas na bolsa. A faixa para que uma empresa seja considerada mid cap varia para o mercado de cada país. No Brasil, a convenção é que essas empresas tenham valor entre R$ 2 bilhões e R$ 10 bilhões.

A capitalização de mercado é calculada de acordo com a multiplicação das suas ações na Bolsa de Valores (B3) pelo preço que são negociadas.

Entre outras exigências que devem ser preenchidas para que mid caps consigam participar da B3 estão a de ser aberta, não ter um processo de recuperação judicial em curso e estar presente em, no mínimo, 95% dos pregões da B3.

Como as mid caps se diferenciam das outras?

Uma mid cap é grande demais para ser considerada uma small cap, e pequena para ser uma large cap. Veja a seguir o conceito dos outros termos.

Small caps

São organizações pequenas, de baixa capitalização e geralmente recentes. Elas costumam ter um valor de mercado de até R$ 2 bilhões. Algumas delas são:

  • CVC Brasil;
  • Alpargatas;
  • Hering;
  • TOTVS;
  • Multiplus.

Large caps

Também chamados de blue-chips, são ações de grandes empresas com alta capitalização. Elas são consolidadas, estáveis e líderes em seus respectivos segmentos. Veja alguns exemplos:

  • Petrobrás;
  • Ambev;
  • Itaú;
  • Vale;
  • Bradesco.

Por que vale a pena investir em mid caps em 2020?

As mid caps são organizações que já enfrentaram os desafios de uma pequena empresa e conseguiram sobreviver por um longo prazo. Como também, elas estão localizadas no meio da curva de crescimento, têm boa liquidez e melhor negociação.

Isso significa que elas são mais seguras que small caps, mas ainda têm um grande potencial para desenvolvimento, tratando-se de ótimas opções para quem deseja investir em renda variável, mas não quer arcar com grandes riscos.

Além disso, as mid caps não se relacionam diretamente ao Ibovespa e sua cotação, por isso essas empresas podem ser promissoras mesmo quando a IBOV está em queda.

Este ano de 2020 está passando por grandes instabilidades, como a pandemia criada pelo coronavírus, crises políticas e uma possível crise econômica. Diante dessas situações, as mid caps conseguirão sobreviver mais facilmente que small caps e ainda poderão se desenvolver, sendo uma ótima escolha para obter bons rendimentos.

Quais são as dicas para escolher as melhores mid caps?

Há milhares de mid caps que podem ser investidas no mercado, mas nem todas são promissoras e crescerão em 2020. Neste tópico trazemos as melhores dicas para escolher as empresas mais adequadas para este ano.

Considere o segmento de mercado

A primeira dica é escolher um segmento de mercado para que você estude de forma aprofundada e acompanhe suas notícias. A B3 categoriza empresas nos seguintes setores:

  • indústria;
  • construção, engenharia e transporte;
  • consumo cíclico (comércio, mídia, vestuário, lazer etc.);
  • consumo não cíclico (agropecuária, bebidas, distribuição etc.);
  • financeiro (imóveis, holdings, previdência etc.);
  • materiais básicos (madeira, papel, mineração, siderurgia etc.);
  • petróleo, gás e biocombustíveis;
  • tecnologia da informação (equipamentos, programas, computadores, entre outros);
  • telecomunicações (telefonia móvel e fixa);
  • utilidade pública (energia elétrica, saneamento básico, água etc.).

Cada segmento tem suas próprias particularidades, sendo afetados de forma diferente conforme as decisões do governo e o desempenho na economia.

Faça comparações

A bolsa de valores criou diferentes índices que se aplicam a cada setor. É necessário entender e compará-los para que você encontre aqueles com melhor desempenho ou mais promissores.

Saiba que empresas do mesmo setor podem ter desempenhos diferentes, por isso que um índice de mercado não deve ser o único fator para basear sua decisão.

Analise o crescimento da empresa

Por mais que uma organização seja reconhecida no mercado, é necessário verificar se ela conseguirá se desenvolver saudavelmente ou sobreviver no mercado. Para isso, investigue relatórios, balanços e demonstrações (DRE) da empresa e analise os seguintes índices:

  • faturamento bruto e líquido;
  • rentabilidade;
  • custos fixos e variáveis;
  • prazo de recebimento;
  • endividamento;
  • lucratividade;
  • ponto de equilíbrio (break even); entre outros.

Quais são alguns exemplos de mid caps brasileiras?

A lista de mid caps no Brasil é excepcionalmente grande. Para que você consiga identificar melhor esse tipo de ação, trazemos alguns exemplos desse tipo de empresa:

  • MRV: construtora de apartamentos e casas presente em todo território nacional;
  • Embraer: fabricante de aviões;
  • Marfrig: empresa de alimentos de proteína animal;
  • Cyrela: parte de construtora de imóveis residenciais;
  • Raia Drogasil: empresa farmacêutica;
  • Natura: rede de cosméticos.

Qual é a importância de uma plataforma de negociação segura?

Seja para adquirir ações de mid, small ou larger cap, é importante que você tenha um software de negociação segura, completa e ágil. Uma tecnologia de ponta será capaz de auxiliá-lo tanto na análise técnica (ou gráfica) como fundamentalista, permitindo que você saiba quais são as melhores ações para atingir seu objetivo.

A Fast Trade é uma plataforma desenvolvida pela Cedro Technologies que traz todas as ferramentas necessárias para que você alcance sucesso nas suas operações:

  • livros de ofertas: mostra as intenções de compras e vendas das ações;
  • times & trades: apresenta todos os negócios de um certo ativo;
  • bovespa volumes: mostra dados do volume de negócios para o Ibovespa;
  • gráficos: permite uma configuração completa dos gráficos;
  • ranking: mostra o ranking de mercados, auxiliando-o a mostrar o segmento;
  • top maiores altas e baixos: lista automaticamente as ações que estão em alta e as que estão em baixa;
  • simulador: permite que você monte estudos e treine estratégias em um ambiente simulado idêntico ao real;
  • feed: traz notícias e atualizações em tempo real sobre diferentes ramos;
  • volume at price: apresenta volume negociado por nível de preço.

Esse sistema ainda traz outros instrumentos que tornam mais fácil a realização de operações, como a basket (cesta de ordens para ativos diferentes), charting trading (faz operações pelo gráfico), entre outros.

As ações de uma mid cap brasileira são mais seguras e bastante promissoras, além de existirem inúmeras alternativas e segmentos que podem ser escolhidos pelo player. Mas é crucial que você tenha todas as ferramentas necessárias para adquirir as melhores ações do mercado.

A Fast Trade pode ser utilizada de forma completamente gratuita por 7 dias! Baixe-o agora mesmo, aproveite de seus recursos e veja como ela melhorará suas operações!




Sobre o autor