Blog

Trader

IPO no Brasil: veja quais empresas podem aparecer na bolsa em 2020

Por Rodrigo Santos
16 setembro 2020 - 18:58 | Atualizado em 22 outubro 2020 - 16:27
IPO no Brasil: veja quais empresas podem aparecer na bolsa em 2020

Você já ouviu falar em IPO? Essa sigla, bastante comentada entre os investidores, representa uma etapa importantíssima na vida de uma empresa: a abertura de capital. Em suma, IPO — Initial Public Offering, em inglês — é uma abreviatura para a Oferta Pública Inicial, em bom português.

Em outras palavras, IPO é o momento em que uma empresa passa a ser negociada na Bolsa de Valores. Os proprietários disponibilizam uma parte do seu negócio para os acionistas em geral, a fim de capitalizar a companhia e expandir suas atividades.

Em 2020, espera-se um aumento no número de IPO no Brasil e, neste artigo, listaremos os 3 mais esperados pelo mercado. Quer saber quais são eles? Acompanhe a leitura!

1.     Banco Votorantim

O Banco Votorantim, agora denominado BV, provavelmente abrirá capital em 2020. A expectativa do mercado é que a empresa pretenda arrecadar R$ 5 bilhões por meio da sua oferta pública de ações.

Atualmente, o BV é administrado pelo Banco do Brasil, dono de 49,99% das atividades, e pela família Ermírio de Moraes, com o restante das participações. No último balanço divulgado, a companhia registrou alta no lucro líquido de 32,4%.

2.     Caixa Seguridade

Um dos mais aguardados IPO no Brasil em 2020 é o da Caixa Seguridade. A subsidiária da Caixa Econômica Federal pretende levantar até R$ 60 bilhões com a abertura de capital.

A alta expectativa referente a esse IPO leva em consideração a importância da empresa no setor de seguros. É o quarto maior grupo do segmento no Brasil e responsável por direcionar as participações da CEF em seguros, previdência privada, capitalização e consórcio.

Além disso, a empresa tem resultados crescentes desde o ano 2000: em média, a Caixa Seguridade cresce 21% ao ano desde então. Com a privatização da subsidiária, a expectativa do mercado é o aumento da eficiência nas atividades da companhia e maior rentabilidade do negócio.

3.     Locaweb

No final de 2019, a Locaweb solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o registo para realizar ofertas públicas de ações. Esse é um forte indicativo de que a empresa será um dos IPO no Brasil em 2020.

A Locaweb é uma companhia do ramo de hospedagem de sites, serviços de internet e computação em nuvem. Com uma base de mais de 280 mil clientes e 340 mil sites, a empresa considera a oferta de papéis na Bolsa de Valores como uma alternativa de arrecadação de recursos para financiar a sua atividade a médio prazo.

Em seu último resultado de 2019, a companhia teve um aumento de 21% na sua receita líquida, de 50% no Ebitda e de incríveis 101% no lucro líquido.

As cinco companhias listadas neste artigo estão entre os IPOs mais aguardados de 2020. Com certeza, o mercado está de olho no desempenho dessas empresas e já estudam suas movimentações para precificá-las no momento da abertura de capital.

Isso se deve principalmente porque grandes empresas como essas são essenciais para a economia, pois colaboram com a geração de empregos e movimentam a engrenagem financeira do país. Entretanto, os investidores almejam lucros em suas carteiras de investimentos, e para que essas companhias tenham sucesso na Bolsa de Valores, ser rentável se mostrará essencial.

E então, gostou do nosso artigo sobre IPO no Brasil? Deixe um comentário no post nos contando sua opinião, ela é muito importante para nós!




Sobre o autor